VIDA E DIABETES

Conceitos estudados: Carboidratos, produção de insulina, produção de glucacon, atividade pancreática, diabetes e glicemia.

Competências e habilidades: Selecionar e utilizar instrumentos de medição e de cálculo, utilizar escalas, fazer estimativas, elaborar hipóteses e interpretar dados. 

PROBLEMATIZAÇÃO/CONTEXTUALIZAÇÃO

         O diabetes é uma doença provocada pela deficiência de produção e/ou de ação da insulina, que leva a sintomas agudos e a complicações crônicas características. O distúrbio envolve metabolismo da glicose, das gorduras e das proteínas e tem graves conseqüências tanto quando surge rapidamente como quando se instala lentamente. Nos dias atuais se constitui em problema de saúde pública pelo número de pessoas que apresentam a doença, principalmente no Brasil.

VIDRARIAS E REAGENTES UTILIZADOS

  • Solução de glicose
  • Amostras de urina
  • Béquer
  • Água
  • Reagente de Benedict
  • Papel de filtro
  • Funil de vidro
  • Tubos de ensaio
  • Estante para tubos de ensaio
  • Pinça de madeira
  • Pipeta
  • Caneta marcadora
  • Bico de Bunsen

PROCEDIMENTO

  • Teste Controle

1. Separe dois tubos de ensaio e a cada um adicione 1 mL do reagente de Benedict.

2. A um dos tubos acrescente 1 mL de água e ao outro tubo 1 mL da solução de glicose. Leve a chama para aquecer. Observe e registre o ocorrido.

  • Atividade Prática

1. Registre nos dois tubos de ensaio restantes marcações para diferenciar as amostras de urina, essas amostras devem estar filtradas. Ex: amostra 1 (A1), amostra 2 (A2).

2. A cada um desses tubos de ensaio, adicione 1 mL do reagente de Benedict.

3. Agora, acrescente aos tubos 1 mL das amostras de urina. Aqueça e observe.

4. Deixe esfriar e verifique a coloração final da amostra. A reação é negativa quando a amostra permanece azul. A reação é positiva quando a cor da amostra fica verde, verde-amarelado, amarelo alaranjado ou vermelho-tijolo (mais de 1g de glicose), dependendo da quantidade de glicose presente na urina.

REORGANIZANDO CONCEITOS

1. Como você faria para determinar a relação entre as diferenças de cores resultantes e a concentração de glicose?

2. Que outro processo é utilizado atualmente para determinar rapidamente a presença de glicose na urina?

3. Pesquise sobre os tratamentos utilizados para a diabetes e os meios para evitá-la.

4. Identifique os hormônios envolvidos no controle do açúcar do sangue, explicando suas funções.

5. Quais os fatores de risco para o Diabetes Mellitus?

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

          Os sintomas do DM são decorrentes do aumento da glicemia e das complicações crônicas que se desenvolvem a longo prazo. Os sintomas do aumento da glicemia são: sede excessiva, aumento do volume da urina, do número de micções, surgimento do hábito de urinar à noite, fadiga, fraqueza, tonturas, visão borrada, aumento de apetite e perda de peso.

          Estes sintomas tendem a se agravar progressivamente e podem levar a complicações severas que são a cetoacidose diabética (no DM tipo I) e com a hiperosmolar (no DM tipo II). Os sintomas das complicações envolvem queixas visuais, cardíacas, circulatórias, digestivas, renais, urinárias, neurológicas, dermatológicas e ortopédicas, entre outras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s